• Rua Cel. Gabriel Bastos, 371 - Centro - Passo Fundo - RS
  • Seg à Sex 09-12h/13h30-18h

Categoria dos arquivos Na midia

HIV em tratamentos estéticos

HIV em tratamentos estéticos.

Tenho a percepção cristalina que vivemos em uma época onde a superficialidade prospera, onde a limitação do conhecimento e vulgarização das profissões estão virando padrão.

Em uma visão generalista, parece que é uma realidade do mercado e que os bons sempre terão o seu espaço, porem a realidade é outra. Deste ponto de vista se esquece quantas pessoas são expostas e quantas delas são lesadas em diferentes graus. Serve para a área da saúde em geral, mas também cabe para todas as outras profissões. Os profissionais estão ai, qual é a qualidade e a entrega que proporcionam?

Precisamos rever conceitos, dar um passo atrás, retornando a época em que o real conhecimento era um objetivo a ser perseguido diariamente.

Foi noticiado amplamente na mídia nos últimos dias, casos de HIV em uma clinica estética americana que realizaram um procedimento e microagulhamento e uso de sangue como meio de estimulo a pele. Tais casos são consequência de uma falha absurda nas condutas básicas de prevenção de infecções. Infelizmente nos casos a infecção foi pelo vírus do HIV.

Um profissional qualificado entende e sabe quais os riscos menores e maiores ao realizar um procedimento, para proteção do paciente e até dele mesmo, segue medidas preventivas que aplicadas praticamente eliminam qualquer risco. Quando o profissional não possui a formação e consequente conhecimento, os riscos e casos de problemas explodem. Um exemplo de cuidados básicos preventivos é a realização de procedimentos estéticos limpos em consultório odontológico, um ambiente no qual a rotina diária dos tratamentos dentários torna o local habitado pelos mais diferentes microorganismos que por mais criterioso que seja o profissional nos cuidados de limpeza, sempre estarão presentes aumentando o risco de infecções.

O referido caso norte americano deixa evidente que a realidade não é exclusividade do Brasil, acomete boa parte da humanidade salvo raras exceções, principalmente na cultura oriental onde o Japão é o principal exemplo, a busca pela qualidade e o respeito pelas pessoas é uma regra que se aprende desde a infância.

O boom dos tratamentos estéticos por profissionais não capacitados, além dos resultados limitados tem causado outras complicações extremamente graveis como a infecção pelo vírus HIV. É o transbordamento do inimaginável, porem uma realidade que está presente no dia a dia de todos.

O que você procura?
Abrir chat
Podemos te ajudar?
Olá, podemos te ajudar?