• Rua Cel. Gabriel Bastos, 371 - Centro - Passo Fundo - RS
  • Seg à Sex 09-12h/13h30-18h

Complicações em otoplastias

COMPLICAÇÕES EM CIRURGIAS DE ORELHA EM ABANO

Nos últimos meses tenho recebido pacientes que nunca havia atendido. São complicações precoces de otoplastias, popularmente chamado de cirurgia para orelhas de abano.

Coincidentemente todas realizadas por profissionais não cirurgiões plásticos. Duas complicações ocorrem geralmente juntas, a infecção e a exposição dos fios de sutura.

Existem usualmente duas mal formações nas chamadas orelhas em abano. A primeira é uma hipertrofia das conchas das orelhas “cartilagem das orelhas”, a segunda é um apagamento da hélice “curvatura das orelhas”. Usualmente a técnica utilizada pelos referidos profissionais aborda apenas o apagamento da hélice sem tratar outras anormalidades que geralmente estão associadas.

Em uma cirurgia de qualidade o tratamento deve ser realizado em ambiente extremamente controlado quanto a assepsia, pois, as cartilagens quando sofrem infecção demandam um tratamento longo com antibióticos específicos.

A técnica empregada também deve ser apurada, com os pontos sepultados sob tecidos espessos para dificultar a sua extrusão, ou “rejeição”.

Quando estes dois princípios básicos não são seguidos, as complicações são inevitáveis, bem como tem ocorrido atualmente nas cirurgias realizadas por profissionais não médicos. Quando ocorrem necessitam de um longo tratamento e na maior parte das vezes deixam sequelas definitivas.

Este material tem como objetivo alertar que a otoplastia não é um tratamento simples, além de que quando ocorre uma complicação ela pode ser desastrosa e de difícil tratamento.

Como sempre costumo orientar, uma cirurgia de baixo custo inevitavelmente acarreta em resultado ilimitado e aumento do risco de complicação. Não seja iludido por promessas milagrosas, busque um profissional capacitado e ético.

O que você procura?
Abrir chat
Podemos te ajudar?
Olá, podemos te ajudar?